Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, quinta, 20 de setembro de 2018

Economia

Mais álcool na gasolina a partir de fevereiro

25 de janeiro de 2015 | 18h 22
Mais álcool na gasolina a partir de fevereiro
A ministra da Agricultura, Kátia Abreu, afirmou ontem que o governo deve anunciar na primeira semana de fevereiro um aumento na mistura de etanol à gasolina. Atualmente, a proporção de etanol anidro (sem água) na gasolina está em 25%. 
 
A ministra disse ainda não saber qual será o novo percentual, mas considerou que a medida trará fôlego para o setor. Kátia Abreu disse que realizou duas reuniões com representantes do setor sucroalcooleiro e que tanto a questão da cobrança da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide) quanto a do percentual do etanol na gasolina são duas sinalizações importantes para o setor.
 
Na avaliação da ministra, o setor sucroalcooleiro “está bastante deprimido” e precisa de um arranjo mais sustentável. O presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Luiz Moan, se reuniu ontem em Brasília com o ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, e com representantes de entidades do setor de petróleo, gás natural e combustíveis, para discutir o aumento do percentual de etanol anidro na gasolina. 
 
Segundo a Anfavea, ficou acertado mais um encontro técnico para discutir o assunto antes do anúncio da decisão, previsto para o dia 2 de fevereiro. A entidade afirma que o novo percentual ainda não foi definido. Pela proposta aprovada pelo Congresso no ano passado, o limite da mistura de álcool na gasolina vendida nas bombas pode ser de 27,5%.
 
Entidades do setor sucroalcooleiro acusam a Anfavea de atrasar o anúncio.  A entidade, por sua vez, diz que aguarda os resultados dos testes de durabilidade nos veículos. No início de janeiro, Moan afirmou que relatórios “preliminares” indicavam não haver grandes problemas em aumentar a mistura.

FONTE: Correio



Economia LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje