Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, sábado, 26 de setembro de 2020

Educação

Estudantes de pedagogia da Uefs cobram melhorias em laboratório

26 de março de 2015 | 11h 34

Segundo eles, o laboratório de informática está sucateado

Estudantes de pedagogia da Uefs cobram melhorias em laboratório
Segundo estudantes, o laboratório é um ponto de pauta há cerca de dois anos.
Estudantes do curso de pedagogia da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) realizaram uma manifestação na manhã desta quinta-feira (26) para cobrar melhorias para o curso, especialmente no laboratório de informática, que de acordo com eles, está sucateado.
 
“Essa paralisação é a favor do laboratório, que está sucateado e os estudantes estão fazendo essa manifestação reivindicando a melhoria do espaço”, afirmou a estudante Carla Katiele.
 
Segundo a estudante Larissa Bahia, o laboratório é um ponto de pauta há cerca de dois anos. Além disso, ela afirma que faltam professores e livros na biblioteca. “Não tem computador, não tem impressora e a gente tem muito texto no curso. Tem muita gente que não tem condições de tirar Xerox. Estamos lutando pela educação pública”, afirmou.
 
Islane Paixão, que faz parte da Associação Municipal de Estudantes (AME), também acompanhou a manifestação. “Estamos junto apoiando essa luta pela educação. Essa luta não é apenas dos estudantes de pedagogia, mas de todos os estudantes que lutam por uma educação de qualidade”, destacou.
 
Outra estudante lembrou que nesta quinta, dia 26 de março, é o dia em defesa da educação pública. De acordo com ela, os estudantes e professores também estão lutando contra o corte de orçamento na educação pública feito pelos governos federal e estadual, tanto na educação superior como básica.
 
“Como estudantes do curso de pedagogia da Uefs, estamos fazendo essa manifestação e pedindo ao governador Rui Costa que aumente o orçamento que foi cortado em mais de 7 milhões de reais esse ano. No dia sete de abril temos uma mobilização marcada, onde vamos ocupar a secretaria estadual de Educação para cobrar uma resposta do governo”, informou.
 
A estudante disse ainda que professores, alunos e técnicos da Uefs estão se unindo e a proposta é parar as atividades, caso o governo não cumpra com a pauta reivindicada.


Educação LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje