Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, terça, 18 de setembro de 2018

César Oliveira

Derrama fiscal em todos os níveis

27 de janeiro de 2015 | 10h 54
Derrama fiscal em todos os níveis

 

 

Federal
Incapaz de fazer o Brasil crescer para aumentar sua arrecadação, enxugar a máquina administrativa com 40 Ministérios e mais de 20 mil cargos na boquinha partidária, ou de combater a corrupção, o governo Dilma prefere optar por esfolar o lombo da classe média que já está com água no pescoço. 
O Ministro da Fazenda anuncia que vai rever os impostos das PJ – pessoas jurídicas, que pagam 5% e não 27,5%. Esquece o Ministro que os prestadores de serviço desta forma não gozam dos benefícios que o estado paga nem oneram seus prestadores. Vem aí mais extorsão.
 
Estadual
O governo do estado da Bahia quer que todo mundo que compra R$400 reais em supermercado seja obrigado a dar o CPF. Apesar de toda conversa fiada de combate à sonegação é apenas a ampliação do Grande Irmão vigiando a todos e tornando um inferno a vida do pequeno autônomo. Afinal, não acredito que eles achem que alguém que abastece um mercadinho com compras deste valor, ou que tem uma bodega que comercializa esta quantia, merece ser vigiado pela Receita. 
 
Municipal
O Secretário da Fazenda achando muito justo e generoso anunciou que não vai aumentar o IPTU, mas apenas repassar a inflação de 6,5%, mesmo depois do absurdo reajuste do ano passado. Enquanto isso o governo federal anuncia que não vai repassar a inflação no reajuste da tabela do Imposto de Renda. Como se vê, cada um com seu peso e sua medida.


César Oliveira LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje