Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, segunda, 11 de dezembro de 2017

Política

Jaques Wagner diz que recusou propostas da Odebrecht e está tranquilo com Lava Jato

20 de abril de 2017 | 18h 07
Jaques Wagner diz que recusou propostas da Odebrecht e está tranquilo com Lava Jato
Foto: Reprodução / Kleiton Costa | Ex-governador Jaques Wagner (PT)
Na manhã desta quinta-feira (20), em visita a Feira de Santana, o ex-governador Jaques Wagner (PT), que agora ocupa o cargo de secretário de Desenvolvimento Econômico da Bahia, afirmou não estar preocupado com as delações da empresa Odebrecht, na Operação Lava Jato.
 
Em depoimentos, Carlos José Fadigas de Souza Filho e Marcelo Odebrecht, afirmaram que Jaques Wagner recebeu cerca de US$ 12 milhões para campanha de reeleição ao governo da Bahia em 2010, em troca de benefícios fiscais associados ao pagamento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para favorecer a empresa.
 
“Para se livrar da prisão, os delatores dizem qualquer coisa. Eu estou tranquilo. Todas as doações que eu recebi foram escrituradas. Aqui na Bahia nenhum delator pode dizer que tem obra superfaturada”, disse Wagner, que participou do Congresso da Agricultura Familiar, Terra e Produção de Alimentos.
 
Ele acrescentou que a empresa Odebrecht, não participou da licitação da obra do metrô de Salvador.
 
“Eles queriam que eu colocasse um bilhão de reais e eu não coloquei. Eles nem entraram na licitação. Com a obra da Via Expressa, aconteceu o mesmo. Eles não entraram na licitação, pois eu não garanti que a obra seria deles. Eu disse que no meu governo tudo acontecia com base na licitação.Também cancelei os acordos que foram feitos com o governo anterior ao meu, o processo do Emissário Submarino da Boca do Rio”.
 
Para Wagner, a forma que a Lava Jato está sendo conduzida, prejudica a economia do país.
 
“Precisamos combater a corrupção, sem matar a economia do país. Isso não é um espetáculo, são 100 mil desempregados só da Odebrecht”.


Política LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje