Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, segunda, 24 de setembro de 2018

Geral

Aeroporto de Feira testa iluminação noturna

30 de janeiro de 2015 | 11h 51

Aeroporto poderá ser usado em voos noturnos ou mesmo situações de emergência

Aeroporto de Feira testa iluminação noturna
Após teste realizado na quinta-feira (22) com novo sistema de iluminação de pista e de navegabilidade noturna do Aeroporto de Feira de Santana, a Concessionária notifica que o sistema adquirido é considerado o que há de mais moderno e seguro para aeroportos deste porte. Com todo o sistema funcionando, foi encaminhado o pedido de homologação junto ao Comando da Aeronáutica e ANAC, com previsão de deferimento em 30 dias.
 
Quanto e patrocínio
 
O investimento feito nos equipamentos possibilitará às companhias aéreas programarem voos nos períodos noturnos, e para a aviação privada e executiva, agendarem seus pousos e decolagem antes ou depois do período de iluminação natural do dia. O sistema de iluminação de pista e navegabilidade noturna proporciona segurança para a aviação em geral, pois o aeroporto com estes equipamentos, pode ser uma alternativa para um voo que esteja passando por uma situação de emergência, ou mesmo em caso de emergências médicas.
 
Instalado no Aeroporto de Feira, o sistema tem um balizamento que contém aparelhos de iluminação ao redor da pista de pouso, taxiamento e estacionamento de aeronaves, visando permitir ao piloto identificar a localização da pista de pouso a grandes distâncias, durante voos noturnos ou em situações de visibilidade reduzida, sob nevoeiro, por exemplo.
 
Além disso, há um Indicador de Precisão de Trajetória de Aproximação (PAPI) - conjunto de 4 unidades luminosas que fornecem ao piloto a indicação de sua posição (muita baixa, correta e muito alta) em relação a rampa de descida e ponto de toque -, que gera um feixe de luz com parte superior branca e inferior vermelha conforme o piloto muda sua altitude.
 
O aeroporto ainda conta com um farol de Aeródromo, auxilio visual de longo alcance que facilita ao piloto localizar o aeródromo, e biruta Iluminada, que indica visualmente ao piloto a direção e a intensidade do vento. Todos estes equipamentos estão ligados a um sistema de contingência, que é constituído por sistema de controle de variação elétrica e de um gerador de energia, em caso de falta de energia fornecida pela COELBA.

FONTE: Folha do Estado



Geral LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje