Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, quinta, 20 de setembro de 2018

Esporte

Bahia vence Vitória e reverte vantagem na decisão do Campeonato Baiano

02 de abril de 2018 | 07h 37
Bahia vence Vitória e reverte vantagem na decisão do Campeonato Baiano
Felipe Oliveira / EC Bahia
Com o apoio da sua torcida na Arena Fonte Nova, o Bahia conseguiu reverter a vantagem na briga pelo título de campeão Baiano deste ano. O Esquadrão de Aço venceu o Vitória por 2 a 1, na tarde deste domingo (1°), pelo primeiro jogo da decisão do estadual. Edigar Junio e Vinícius marcaram para o Tricolor. Luan diminuiu para o Rubro-negro.
 
Na próxima e decisiva partida da final, o Bahia tem a vantagem de jogar pelo empate para ser campeão Baiano. O Vitória precisa vencer por um gol de diferença para conquistar o tricampeonato. Tanto o Esquadrão, quanto o Leão não jogam no meio desta semana. As duas equipes só voltam ao campo no próximo domingo (8), às 16h, no estádio do Barradão, para o segundo jogo da decisão do Campeonato Baiano.
 
A primeira boa ação foi do Bahia ao chegar bem pela esquerda aos dois minutos de jogo. Marco Antônio caiu pelas costas de Lucas e fez boa jogada. O jovem volante cruzou, mas a defesa do Leão afastou o perigo. A resposta do Rubro-negro veio na sequência, mas a zaga do Tricolor conseguiu tirar a bola.
 
O goleiro Douglas trabalhou bem aos seis minutos. Neilton cobrou o escanteio e Fillipe Soutto cabeceou bonito para a defesa de mão trocada do arqueiro do Tricolor, evitando o primeiro gol do Leão.
 
Marco Antônio fez outra boa jogada, novamente pela esquerda. Ele chegou a linha de fundo e bateu rasteiro, mas o goleiro Fernando Miguel interceptou o chute e ficou com a bola.
 
Na cobrança de lateral de Léo para a grande área, o goleiro Fernando Miguel saiu mal de soco. Vinícius aproveitou a sobra, mas chutou mal e a bola passou por cima, longe da meta do Leão aos 17 minutos. A resposta rubro-negra veio na sequência. Jonatas Belusso foi lançado. Ele ia escapulindo nas costas da defesa para invadir a área, obrigando o zagueiro Tiago a matar a jogada e receber primeiro cartão amarelo do jogo.
 
Aos 23 minutos, o Vitória desperdiçou um presente de Tiago. O defensor errou na saída de bola, Neilton dividiu e roubou a bola. Ele passou para Jonatas Belusso, mas o atacante esperou a marcação chegar e foi desarmado. No lado esquerdo, Neilton livre livre dentro da grande área reclamou com o colega.
 
Aos 24, Zé Rafael tocou para Vinícius na entrada da área rubro-negra. O meio-campista deu um passe açucarado para Edigar Junio. O atacante tocou na saída de Fernando Miguel e abriu o placar na Fonte Nova. Bahia 1 a 0.
 
E o Bahia queria mais. Dois minutos depois de abrir o placar, o Tricolor por pouco não fez o segundo. Gregore rouba a bola e abre com Marco Antônio. O meio campista corta para o meio e bate colocado, mas a bola vai para fora.
 
No minuto 33, Neilton recebeu lançamento e disparou sozinho para o gol. Douglas deixa a área e vai para o abafa. A bola bate no peito e resvala na mão do goleiro e o árbitro assinala a infração. Os jogadores do Leão pediram a expulsão do rival. Mas após conversa com o bandeirinha, Luiz Flávio de Oliveira mostra o cartão amarelo para o jogador do Tricolor. Na cobrança da falta, Nickson chute e Douglas defende sem dificuldades.
 
Já estourado os 45 minutos, Marco Antônio segue infernizando a defesa do Vitória. O jovem recebeu passe, invadiu a área driblando Lucas duas vezes e cruzou rasteiro. A bola bate no pé de Zé Rafael e sobra para Fernando Miguel que fica com a bola.
 
Já com os três minutos de descontos do juiz, o Vitória armou boa trama. Juninho recebeu de Neilton, mas na hora de abrir com Jonatas Belusso, mandou em cima da marcação que afasta o perigo.
 
Na volta do vestiário, Guto Ferreira manteve o Bahia com o mesmo time que iniciou a primeira etapa. Já Anderson Batatais, sacou o camisa 9, Jonatas Belusso para a entrada do jovem Luan. Assim que o jogo foi reiniciado, Marco Antônio desceu pela esquerda, foi à linha de fundo e tentou cruzar. A defesa do Leão afastou o perigo.
 
Aos dois minutos, foi a vez do Vitória receber o primeiro cartão amarelo na partida. O zagueiro Wallisson Maia chegou atropelando Edigar Junio que ia invadir a grande área do Leão. O juiz marcou a falta e amarelou o defensor.
 
O árbitro marcou pênalti a favor do Bahia no quinto minuto da segunda etapa. Vinícius recebeu passe, invadindo a grande área e foi derrubado por Fernando Miguel. O próprio Vinícius encheu o pé no meio do gol e ampliou o placar com oito minutos da segunda etapa. Bahia 2x0.
 
O Leão diminuiu o prejuízo com o jovem Luan, que marcou o seu primeiro gol entre os profissionais. Neilton tabelou com Juninho, invadiu a área do Bahia e cruzou para trás. Luan bateu de primeira e balançou as redes aos 13 minutos. Bahia 2x1 Vitória.
 
Aos 22, Zé Rafael roubou a bola na entrada da área do Leão, mas é desarmado. No minuto seguinte, o Tricolor tentou mais uma vez. Vinícius arriscou chute colocado na entrada da área, mas a bola foi para fora, tirando tinta da trave esquerda de Fernando Miguel.
 
Marco Antônio tocou para Edigar Junio, que fez o passe para Léo na área do Leão. O lateral bateu firme e Fernando Miguel faz milagre tirando com os pés ao 29.
 
No último minuto do tempo regulamentar, o Bahia quase chegou ao terceiro. Régis cobrou falta lançando João Pedro. O lateral correu e conseguiu fazer o cruzamento. Fernando Miguel tocou na bola, Zé Rafael ficou com a sobra. Mas ele não consegue o domínio e o arqueiro do Leão ficou com a bola.


Esporte LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje