Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, domingo, 23 de setembro de 2018

Segurança

Enfermeira fica internada por 40 dias em estado grave e presta queixa após procedimento no bumbum

23 de julho de 2018 | 17h 57
Enfermeira fica internada por 40 dias em estado grave e presta queixa após procedimento no bumbum
Foto: Reprodução / Arquivo pessoal
Uma enfermeira de 28 anos ficou internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital de Feira de Santana, após contrair uma infecção gravíssima oriunda de um procedimento estético realizado em um salão de beleza da cidade. A enfermeira contratou o serviço de bioplastia do glúteo, para aumentar e modelar o bumbum, e pouco tempo depois viu seu sonho virar um pesadelo.
 
Após passar 40 dias internada e em seguida pensar em tirar a própria vida, ela decidiu registrar uma queixa na Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam), que já está concluindo o inquérito para remetê-lo a justiça.
 
Segundo a delegada Maria Clécia Vasconcelos, a jovem contratou o serviço de uma suposta esteticista de Salvador (Mari Bronze Bahia) que esporadicamente realiza o procedimento estético em um salão de beleza de Feira de Santana, que também funciona como clínica de estética.
 
A delegada informou ao Acorda Cidade que a mulher que aplicou o serviço já foi ouvida e confirmou que realizou o procedimento. De acordo com a delegada, tanto a mulher quanto a proprietária do salão onde o serviço foi realizado podem responder por exercício ilegal de profissão e lesão corporal de natureza gravíssima.
 
A delegada alertou quantos aos cuidados de realizar determinados procedimentos estéticos e informou que outras vítimas com casos semelhantes podem procurar a Deam para registrar a queixa.
 
“O crime praticado é recepcionados pela Lei Maria da penha, questões de gênero e abarca outras questões relacionadas à mulher. A vítima estava bastante fragilizada, solicitou que o caso fosse acompanhado pela Deam e assim demos início ao inquérito e já estamos na fase de conclusão do feito. A pessoa que fez o procedimento já foi identificada. Apesar de a vítima ser uma profissional da área de saúde, ela foi tocada pelas redes sociais onde uma suposta profissional da área de bioplastia de glúteo oferece os serviços. Essa suposta profissional de Salvador já foi ouvida, ela não nega a realização do serviço e as responsabilidades estão sendo apuradas. A vítima teve grave infecção, ficou mais de 40 dias hospitalizada, foi para UT, ficou entubada, depois tentou contra a própria vida. O que faltou para a ocorrência do RJ ocorrer em Feira e ela vir a óbito? Isso vem ocorrendo em Feira e em outras cidades e não estão sendo realizadas nem mesmo por profissionais médicos, mas pessoas ligadas a área de estética. Ela pode responder por exercício ilegal da profissão. A medida que ela sabe que não é devidamente qualificada para isso, elas assumem o risco de produzir qualquer resultado e serão indiciadas por lesão corporal de natureza gravíssima”, disse a delegada ao Acorda Cidade.


Segurança LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje