Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, quarta, 26 de setembro de 2018

Política

Ministro do STF decide antecipar julgamento de denúncia contra Bolsonaro

23 de agosto de 2018 | 17h 05
Ministro do STF decide antecipar julgamento de denúncia contra Bolsonaro
Foto : Fellipe Sampaio/SCO/STF
O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello atendeu a um pedido da defesa do candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, e antecipou o julgamento da Primeira Turma da Corte, que vai decidir se recebe ou não uma outra denúncia contra o parlamentar.
 
Na ação movida pela Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o capitão reformado do Exército, ele é acusado por ofensas praticadas contra quilombolas, indígenas, refugiados, mulheres e LGBTs.
 
Originalmente, o julgamento estava marcado para o dia 4 de setembro, mas o ministro antecipou a sessão para o dia 28 de agosto, antes do início da propaganda partidária em rádios e TVs.
 
Com a nova data, os cinco ministros da Primeira Turma - colegiado composto por Marco Aurélio, Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso, Rosa Weber e Luiz Fux – vão decidir se abrem ou não ação penal contra Bolsonaro.
 
Segundo a denúncia apresentada pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge, em abril, o deputado federal, em pouco mais de uma hora de discurso, "usou expressões de cunho discriminatório, incitando o ódio e atingindo diretamente vários grupos sociais" durante uma palestra no Clube Hebraica do Rio de Janeiro, em 2017.


Política LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje