Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, domingo, 25 de agosto de 2019

Educação

Matrículas na Rede Municipal de Educação encerram dia 25

22 de janeiro de 2019 | 14h 51
Matrículas na Rede Municipal de Educação encerram dia 25
Foto: Divulgação
Com disponibilidade de 15 mil vagas para novos alunos, a matrícula da Rede Municipal de Educação começou nesta segunda-feira, 21, e segue até esta sexta-feira, 25. Neste ano, a rede possui capacidade para atender 55 mil estudantes, sendo que destes, 40 mil são alunos da casa que já renovaram a matrícula. Conforme o calendário para 2019, o ano letivo inicia no dia 11 de fevereiro e encerra em 20 de dezembro.
 
Para realizar a matrícula, os pais ou responsáveis devem se dirigir até a escola escolhida e verificar a disponibilidade de vagas. Caso a unidade de ensino já tenha atingido o limite da capacidade de alunos, os responsáveis podem inserir o nome do estudante na lista de espera que será encaminhada para a Secretaria Municipal de Educação. A partir dela, os alunos serão redirecionados para escolas próximas que dispõem de vagas.
 
“Adotamos este novo processo da lista de espera em 2019 para facilitar a procura por vagas. Nem sempre é possível encontrar na escola desejada, mas a Seduc pretende acelerar o redirecionamento para outras unidades de ensino com base nestas listas”, explica Lenio Lins, chefe da Divisão de Informações Educacionais da Seduc.
 
Como nos anos anteriores, a matrícula para alunos de Educação Infantil segue a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), artigo 6º da Lei nº 12.796, que prioriza os alunos entre quatro e cinco anos, pois estes devem obrigatoriamente estar na escola. Para crianças entre um e três anos serão disponibilizadas caso sobrem vagas remanescentes nos Centros Municipais de Educação Infantil.
 
A escola municipal com maior capacidade - cerca de 3 mil alunos- , o Centro Integrado De Educação Municipal Professor Joselito Amorim, realizou mais de 200 matrículas apenas na manhã desta segunda-feira. “Começamos o atendimento antes do horário, organizamos a fila e distribuímos senhas. O processo está sendo tranquilo e temos vagas para todas as séries”, relata a diretora, Marta da Graça Lima.
 
Para Arielly Adorno, matricular a irmã mais nova, Railia Adorno, de 11 anos, foi uma experiência tranquila. “Ela passou do Ensino Fundamental I para o Ensino Fundamental II, precisamos trocá-la de escola e não precisamos esperar muito para conseguir garantir a matrícula no Joselito Amorim”, relata.
 
Para realizar o procedimento, precisam ser entregues os seguintes documentos: histórico escolar (original); cópia da certidão de registro civil ou da cédula de identidade, uma foto 3x4 recente; para o estudante beneficiário do programa Bolsa Família, cópia do cartão em nome do pai, mãe ou responsável legal; para estudantes da Educação Infantil, cópia do cartão de vacinação atualizado e cópia do comprovante de residência atualizado. Os documentos originais também devem ser apresentados no ato da matrícula para fins de conferência.


Educação LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje