Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, sexta, 22 de novembro de 2019

Mundo

Antigo segurança de Michael Jackson defende cantor de acusações de pedofilia

19 de março de 2019 | 13h 50
Antigo segurança de Michael Jackson defende cantor de acusações de pedofilia
Foto: Reprodução/Twitter

O polêmico documentário “Deixando Neverland”, produzido pela HBO, tem sido alvo de controvérsias e tem repercutido no mundo inteiro. O ex-segurança do astro pop, Bill Whitfield, saiu em defesa do antigo patrão, Michael Jackson, e afirmou que as acusações de abuso sexual e pedofilia são falsas.

Um depoimento de Bill, que trabalhou com Michael durante dois anos, foi publicado pelo site TMZ na madrugada desta terça-feira (19). O segurança garante que costumava conversar sobre mulheres e garantiu que o artista se sentia atraído por elas. Recentemente, em entrevista ao podcast Hidden Truth Show, ele também negou que Michael era homossexual.

“Deixando Neverland”, lançado recentemente pela HBO, traz depoimentos de Wade Robson e James Safechuck, que dizem ter sido abusados sexualmente por Michael Jackson durante a infância, na mansão do astro. Os depoimentos trouxeram de volta o foco à vida do artista, morto em 2019.

Em nota, Bill Whitfield revelou que em uma ocasião, abordaram uma jovem na rua e que Michael continuou se comunicando com ela em outras oportunidades. Ele não esclareceu se o cantor apenas cortejava as mulheres, ou se de fato se relacionava com elas, mas disse ter certeza quanto às acusações de abuso sexual de fãs.

FONTE: Bahia.ba



Mundo LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje