Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, quarta, 13 de novembro de 2019

Mundo

Cruzeiro à deriva na Noruega consegue ligar 3 de seus 4 motores e é rebocado

24 de março de 2019 | 11h 21
Cruzeiro à deriva na Noruega consegue ligar 3 de seus 4 motores e é rebocado
Foto: Reprodução
O cruzeiro Viking Sky, que teve uma falha mecânica no sábado (23) e ficou à deriva com mais de 1.300 passageiros a bordo em Hustadvika, na Noruega, conseguiu iniciar três de seus quatro motores neste domingo (24) e está sendo rebocado para o porto de Molde, informou o serviço de emergência norueguês, segundo a agência de notícias France Presse.
 
A operação de evacuação dos passageiros continua na manhã deste domingo com a ajuda de quatro helicópteros, segundo Per Fjeld, porta-voz do centro de emergência.
 
A Reuters diz que 479 das 1.373 pessoas a bordo foram resgatadas. Dessas, 20 pessoas foram hospitalizadas e, segundo a televisão pública norueguesa NRK, três estão em estado grave.
 
"É a forma mais segura de retirar as pessoas: içá-las uma a a uma com a ajuda de helicópteros", explicou o coordenador do resgate, Jan Arne Dyrnes. "O fato de que são pessoas de mais idade representa um enorme desafio", completou.
 
A polícia informou que a maioria dos passageiros são americanos e britânicos.
 
Outros barcos estão na área do cruzeiro, e foi aberto um centro de acolhida em terra para os passageiros resgatados.
 
O incidente com a embarcação ocorreu por volta da 14h (9h de Brasília) de sábado, a algumas milhas marítimas da costa da região de Møre og Romsdal (no oeste da Noruega), uma região onde já ocorreram vários naufrágios.
 
No momento, o "Viking Sky" navegava em condições meteorológicas difíceis e passava por uma zona com muitos recifes.
 
Como a região é muito difícil, as autoridades estudam a construção de um túnel para barcos em uma montanha do litoral para evitar a navegação em alto mar. O projeto, destinado sobretudo a barcos menores, está paralisado por falta de financiamento.
 
Até mesmo os vikings, famosos por sua destreza marítima, preferiam transportar seus barcos por via terrestre de um fiorde a outro, ao invés de navegar nestas águas.
 
No sábado, na mesma região os socorristas ajudaram um navio mercante que também sofreu uma avaria nos motores. Os nove tripulantes do "Hagland Captain" se jogaram ao mar e foram resgatados por helicópteros.


Mundo LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje