Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, terça, 04 de agosto de 2020

Geral

Prisco diz que presídio de Feira é comandado por facções

02 de junho de 2015 | 11h 00

O deputado disse também que os presos possuem regalias no local

Prisco diz que presídio de Feira é comandado por facções
A Comissão de Direitos Humanos e Segurança Pública da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) visitou o presídio

O deputado estadual Soldado Prisco afirmou que o presídio regional de Feira de Santana – onde uma rebelião em maio provocou a morte de nove detentos – é comandado por facções criminosas e que os internos possuem regalias. Membro da comissão de Direitos Humanos e Segurança Pública da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), ele esteve no Presídio Regional de Feira de Santana juntamente com outros deputados, na tarde desta segunda-feira (01).

Leia também: Armas e celulares entram fácil e presos brigam pelo comando do presídio

Prisco condenou a insegurança do local e se mostrou preocupado sobretudo com os riscos para os servidores que trabalham ali. Um dos fatores que mostram a fragilidade da segurança é o fato de que apenas quatro das 17 guaritas existentes estavam ocupadas por policiais.

 

Segundo ele, os muros são baixos, o que facilita a entrada de celulares e diversos objetos. Prisco criticou também a falta de Raio X e scanner na unidade prisional, para a revista dos visitantes e cobrou a instalação de câmeras de monitoramento na unidade.

 

REGALIAS

 

O deputado defende que o estado deve dar prioridade à segurança dos servidores e agentes prisionais. "Aqueles que estão à margem da sociedade têm mais direitos do que aqueles que estão servindo. Todas as celas têm televisão e ventilador”, estranhou.

 

O deputado Marcelino Galo (PT), que preside a comissão, disse que será feito um relatório a ser encaminhado ao governo do estado para “melhorar o sistema como um todo”. Também participou da visita o deputado feirense Zé Neto.



Geral LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje