Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, domingo, 18 de agosto de 2019

Política

Paulo Guedes diz que se não aprovar a reforma, vai embora no dia seguinte

24 de maio de 2019 | 10h 55
Paulo Guedes diz que se não aprovar a reforma, vai embora no dia seguinte
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O ministro Paulo Guedes, da Economia, afirmou que abandonará o cargo caso a reforma da Previdência vire uma “reforminha”. Em entrevista a VEJA, ele disse que o país pode quebrar no próximo ano.

“Pego um avião e vou morar lá fora. Já tenho idade para me aposentar […] Se não fizermos a reforma, o Brasil pega fogo. Vai ser o caos no setor público, tanto no governo federal como nos estados e municípios”, afirmou o ministro.

Na entrevista, Guedes ainda deu a entender que não fará esforços para manter seu cargo como ministro da Economia do governo Jair Bolsonaro:

“Eu não sou irresponsável. Eu não sou inconsequente. Ah, não aprovou a reforma, vou embora no dia seguinte. Não existe isso. Agora, posso perfeitamente dizer assim: ‘Olha, já fiz o que tinha de ter sido feito. Não estou com vontade de ficar, vou dar uns meses, justamente para não criar problemas, mas não dá para permanecer no cargo’. Se só eu quero a reforma, vou embora para casa”.

FONTE: Bahia.ba



Política LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje