Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, domingo, 15 de dezembro de 2019

Brasil

Crise econômica e alta das passagens após paralisação da Avianca levam brasileiro a trocar o avião pelo ônibus

22 de junho de 2019 | 10h 24
Crise econômica e alta das passagens após paralisação da Avianca levam brasileiro a trocar o avião pelo ônibus
Foto: Reprodução
A crise da Avianca — que ajudou a elevar o preço das passagens aéreas — e a polêmica em torno da cobrança por bagagem e por assento nos voos, além da crise econômica, têm levado muitos brasileiros a trocar os aeroportos pelas rodoviárias.
 
De janeiro a maio deste ano, o número de passageiros de ônibus em viagens interestaduais aumentou 12% ante igual período do ano passado, segundo a Associação Brasileira das Empresas de Transporte Terrestre de Passageiros (Abrati). Nos primeiros quatro meses de 2019, o número de pessoas que embarcaram num avião rumo a outro estado cresceu 2,95%, segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).
 
Empresas de transporte rodoviário já vem lançando novas rotas. O movimento ocorre especialmente nos trajetos em que a Avianca tinha muitos voos. A companhia aérea teve as operações suspensas em 24 de maio.
 
Mas, apesar do crescimento, o modal rodoviário ainda está longe de desbancar o aeroviário. A quantidade de pessoas que se sentaram na poltrona do ônibus foi menos da metade das que optaram pela do avião no ano passado.


Brasil LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje