Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, terça, 07 de abril de 2020

Brasil

Senador Cid Gomes deixa UTI de hospital e é transferido para Fortaleza após ser baleado em manifestação de policiais

20 de fevereiro de 2020 | 13h 57
Senador Cid Gomes deixa UTI de hospital e é transferido para Fortaleza após ser baleado em manifestação de policiais
Foto: Reprodução
O senador licenciado Cid Gomes (PDT-CE) deixou a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital do Coração, em Sobral, e foi transferido para uma unidade de saúde de Fortaleza na manhã desta quinta-feira (20). Ele chegou à capital no começo da tarde, em helicóptero, e ficará internado em hospital particular a pedido da família.
 
Cid foi baleado, na quarta-feira (19), em um motim de policiais que reivindicavam aumento salarial. Quando foi atingido, ele tentava furar um bloqueio feito no 3º Batalhão da Polícia Militar do município com uma retroescavadeira.
 
De acordo com boletim divulgado pela unidade às 8h40 desta quinta-feira (20), o quadro de saúde do senador licenciado "evoluiu sem intercorrência nas últimas horas, mantendo-se hemodinamicamente estável e com padrão respiratório normal".
 
No início da manhã, o senador recebeu alta da UTI e foi para a enfermaria do hospital. Por volta das 11h, Cid deixou a unidade de saúde em uma ambulância com destino aeroporto do município. Um helicóptero com o político decolou em direção à capital cearense pouco depois das 11h30. Em nota, a assessoria do senador afirmou que ele foi transferido 'por questões familiares'. Ele 'está bem, conversando e respirando normalmente', informou a assessoria.
 
Por volta de 13h20, Cid chegou a hospital no Bairro Meireles, área nobre de Fortaleza, em ambulância do Samu. A chegada foi acompanhada pelo governador do Ceará, Camilo Santana (PT).
 
Um vídeo gravado com o senador ainda na UTI foi compartilhado nesta quinta-feira pelo Hospital do Coração de Sobral, nas redes sociais. Cid Gomes agradeceu à equipe médica pelo atendimento e confirmou a saída da UTI. O senador aparece com curativos na região torácica, onde foi atingido pelos tiros. "Saio daqui sem necessidade de cuidados intensivos e já posso ser transferido para um quarto", afirmou.
 
Na quarta, o ex-governador Ciro Gomes, irmão de Cid, disse, também nas redes sociais, que o senador licenciado "não corre risco de morte", foi atingido por "dois tiros de arma de fogo" e que os disparos "não atingiram órgãos vitais, apesar de terem mirado seu peito esquerdo".
 
Inicialmente, a assessoria do senador licenciado disse que ele havia sido atingido por uma bala de borracha. Depois, foi informado que o tiro, na verdade, foi disparado por uma arma de fogo.

FONTE: G1



Brasil LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje