Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, terça, 07 de abril de 2020

Famosos

Kannário: Se acontecer algo comigo, quem mandou me matar foi alguém da PM

24 de fevereiro de 2020 | 19h 07
Kannário: Se acontecer algo comigo, quem mandou me matar foi alguém da PM
O cantor e deputado federal Igor Kannário iniciou sua pipoca nesta segunda-feira (24), no Campo Grande, já com uma polêmica. Durante sua passagem pelo corredor de camarotes das televisões, ele declarou: “se acontecer alguma coisa comigo, quem mandou me matar foi alguém da Polícia Militar”. Ele teria dito isto após uma briga debaixo do trio elétrico. No vídeo não é possível entender o motivo para a afirmação. No entanto, ele pede a banda para interromper uma música, aponta para alguém da plateia e repete a frase. Na tarde desta segunda, em entrevista à TV Bahia, o comandante geral da PM-BA, Anselmo Brandão, chegou a elogiar a atuação de Kannário em seu show realizado no último domingo em Cajazeiras.


Famosos LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje