Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, quinta, 24 de setembro de 2020

Educação

Ações do Pacto pela Vida e do Neojiba beneficiam alunos de escola no Uruguai

17 de junho de 2015 | 16h 19
Ações do Pacto pela Vida e do Neojiba beneficiam alunos de escola no Uruguai

A escola estadual de educação integral Solange Hortélio Franco está reescrevendo sua história. Localizada no bairro do Uruguai e marcada por uma trajetória que levou a sua intervenção pela Secretaria de Educação, há cerca de um ano, a unidade de ensino vive um novo capítulo. Uma parceria firmada com a escola está levando a Base Comunitária de Segurança (BCS) do Uruguai e o projeto Neojiba nos Bairros, da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS), para oferecer atividades extracurriculares aos alunos. O lançamento da parceria, que integra as ações do Pacto pela Vida aconteceu na terça-feira (16), com apresentação do Coral Juvenil do Neojiba e o início das inscrições para oficinas de violão e canto e coral.

Os cerca de 200 alunos, do 6º ao 9º ano do ensino fundamental, assistiram à apresentação. O objetivo da ação foi mobilizá-los para participar das aulas, que serão oferecidas dentro da escola e no Espaço Cultural Alagados, onde haverá também aula de piano. Na parceria, o Neojiba nos Bairros entra com a metodologia pedagógica e os policiais da BCS Uruguai oferecem as aulas conforme suas habilidades e interesses. As atividades são abertas a todos os jovens da comunidade e as inscrições podem ser feitas na secretaria da escola ou na Base Comunitária, sendo necessária a autorização dos pais ou responsáveis.

No evento, os alunos conheceram os soldados e a tenente Carla Elis, comandante da BCS Uruguai e principal responsável pelas iniciativas de aproximação com a comunidade. “O resgate da confiança no policial militar é uma ferramenta fundamental para realizarmos o policiamento comunitário, que é uma forma de prevenção do crime por meio da integração e criação de vínculos. Essa é a missão da Base. Nosso trabalho começa com nossa presença nos espaços da comunidade”, explica a tenente, que chega ao Uruguai com a experiência do trabalho exitoso que desenvolveu na BCS Rio Senna. “Minha alegria foi chegar aqui e encontrar outros policiais militares com vontade de fazer esse trabalho”, disse.

Após a apresentação do Neojiba, muitos alunos abordaram os policiais com curiosidade. “Foi supreendente a aproximação espontânea dos jovens. Acredito que a presença do Neojiba foi essencial para quebrar o gelo”, comentou o soldado Érico Alcântara, responsável pelas oficinas de canto e coral, na escola, e de piano e coral, no Espaço Cultural Alagados. “Nessa fase, os adolescentes precisam de referência e nós podemos ser um espelho para eles”.

Morador da região e ex-aluno da escola, o soldado Jorge Guerra iniciou, junto com o soldado Vila Verde, as oficinas de violão. Ele lembra que o local tem uma história difícil, mas a criminalidade piorou. “Por isso resolvi participar da solução. Mesmo que a gente não mude todo o contexto, se a gente resgatar dois ou três jovens já é uma vitória”, disse Guerra. “Precisamos mostrar que há outras possibilidades”.

Com muitos alunos interessados e apenas dois violões disponíveis, Guerra conta com o apoio da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS), que iniciou uma campanha de doação de violões para as oficinas. Os instrumentos podem ser doados até o dia 15 de julho, na assessoria de comunicação da SJDHDS, no CAB. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (71) 3115-9882. Os violões recebidos vão passar por manutenção e serão entregues à Base no dia 18 de julho.

Outras atividades

Com o mesmo objetivo de se aproximar da comunidade, outras atividades são oferecidas. O soldado Edcarlos Borges dá reforço escolar de matemática, na escola, três vezes por semana. “Acabei de ganhar mais uma aluna inscrita!”, comemorou, no final do evento. “Estou ensinando as operações básicas de matemática. Vejo que as necessidades deles são muito elementares, muita gente pode ajudar”. Borges também é responsável pelo Diário de Base!, jornal que criou para divulgar na comunidade as ações da BCS. Outra ação importante são as aulas de muay thai, realizadas pelo soldado Wesley Souza, já com grande adesão dos alunos e dos jovens do Uruguai.

FONTE: SECOM-BA



Educação LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje