Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, terça, 29 de setembro de 2020

Geral

Representantes do movimento negro solicitam apoio do Governo no enfrentamento a Covid-19

06 de agosto de 2020 | 14h 42
Representantes do movimento negro solicitam apoio do Governo no enfrentamento a Covid-19
Foto: Divulgação
A pandemia da Covid-19 está afetando toda a sociedade, especialmente os segmentos mais vulneráveis. Neste sentido, representantes do Movimento Negro de Feira de Santana apresentaram ao Governo Municipal um pedido de apoio para instituições e entidades que atuam diretamente junto a população de baixa renda no município. 
 
Na semana passada eles foram recebidos pelo chefe de Gabinete do Prefeito, Denilton Brito, que representou o chefe do Executivo Municipal, Colbert Martins Filho, juntamente a com a assessora especial do prefeito, Liu Cerqueira. Na oportunidade os representantes do Movimento Negro solicitaram o apoio da Prefeitura a partir da doação de cestas básicas, álcool gel, máscaras e material de higiene. 
 
Estiveram presentes representantes de blocos afros, afoxés, escolas de samba, grupos de capoeira, entidades de movimento negro, bandas e blocos de reggae, e religiões de matrizes africanas. A presidente do Núcleo Cultural Educacional Quilombola Odungê, Lourdes Santana, avaliou positivamente o encontro. 
 
"É a primeira vez que o movimento negro se reúne com o Governo Municipal para tratar de questões relacionadas a Covid-19. O povo negro tem sofrido muito com os efeitos dessa pandemia, seja no aspecto econômico e no aspecto da saúde. Então é fundamental buscarmos esse apoio do Poder Público e ficamos felizes em ver que nossas demandas estão sendo ouvidas", salientou. 
 
Denilton Brito informou que o pleito foi encaminhado para o prefeito Colbert Martins Filho. E a expectativa é que seja atendido em breve. "A Prefeitura já vem atuando desde o início da pandemia no apoio e suporte a famílias carentes, com doações de alimentos, material de higiene e prevenção. E essa será mais uma ação direcionada neste sentido, dessa vez atendendo a solicitação do movimento negro", frisou.
 
Dentre os representantes do movimento negro, também participaram do encontro Raimundo José das Neves, o mestre Macaco, presidente da Associação de Capoeira Arte e Recreação Berimbau de Ouro; Valter dos Santos, o mestre Val; e o sacerdote Afro Tata Nedembuka (Unzó kiwa Nenguá Múkua ita kayango).


Geral LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje