Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, segunda, 26 de outubro de 2020

César Oliveira

Lava-Jato revela apodrecimento do STJ e TCU

César Oliveira - 09 de setembro de 2020 | 20h 09
Lava-Jato revela apodrecimento do STJ e TCU
São absolutamente estarrecedoras as denúncias de corrupção - embora não seja novidade- da imprescindível Lava-Jato contra ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e do Tribunal de Contas da União (TCU), revelando um grau de apodrecimento do sistema judicial brasileiro, sem precedentes.
 
Profissionais que ganham salários altos, com um universo de penduricalhos e mordomias que multiplicam esses vencimentos, mas que mesmo assim não controlam sua voracidade,  não saciam o apetite, não sentem orgulho ético e moral de representarem a Justiça, e encontram na corrupção sua satisfação oculta, enredando familiares, traindo sem nenhum pudor o país, os honestos, o cidadão que confia na lei.
 
O exemplo mais inacreditável é o filho do presidente do STJ virar réu por receber 83 milhões para influenciar decisões no próprio STJ.
 
O outro filho, o do ministro Aroldo Cedraz, do TCU, Tiago Cedraz chega a ser apontado como um " vendedor de soluções" mostrando que alguns estão transformando o Tribunal em um balcão de comércio. Aliás, outros ministros do TCU, já foram delatados.
 
A Operação E$quema S enlameia, inclusive, a OAB, uma entidade que tem grandes contribuições a nossa democracia, mas que é jogada no pântano pelas denúncias envolvendo seu presidente, Felipe Santa Cruz, que já não apresenta nenhuma condição de representar a entidade.
 
O escândalo é de despertar nossa indignação, nossa ira, mais bruta, pelo que exibe de repugnante. Esperamos que o Brasil não engula calado essa trapaça com o esforço extenuante que fazemos para custear essa nação. Reajam brasileiros!


César Oliveira LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje