Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, segunda, 30 de novembro de 2020

Segurança

Registros de violência doméstica crescem 53% em Feira de Santana

24 de outubro de 2020 | 12h 58
Registros de violência doméstica crescem 53% em Feira de Santana
Foto: Divulgação/Gov-BR

O Centro Integrado de Comunicação (Cicom), da Polícia Militar (PM) em Feira de Santana registrou, neste mês de outubro, um aumento de 53% no número de ligações para registros de violência doméstica. A média diária de ligações para o órgão é de 17, mais que o dobro de meses anteriores. 

 

Somente em 2020, até a primeira quinzena deste mês, 4.165 ocorrências foram registradas pelo Cicom, conforme apuração do Blog do Velame.     

 

Na Delegacia de Atendimento à Mulher (DEAM) daquela cidade, de janeiro a julho deste ano, o número de ocorrências passou dos 1.500, sendo a 722 relativas a ameaças. 


A lista ainda consta ocorrências de agressões morais (495) e lesões corporais (360). Dos 614 inquéritos instaurados, apenas 391 foram remetidos à Justiça.

 

De acordo com a delegada titular da DEAM, Edileuza Suely, isso acontece por causa do pouco efetivo na delegacia. Segundo ela, a produtividade caiu durante a pandemia, já que 22 servidores foram afastados por pertencerem aos grupos de riscos. Edileuza pontua que a DEAM chega a concluir 1.300 inquéritos por ano, no entanto, este ano, o número deverá cair para a metade.

FONTE: Bahia Notícias



Segurança LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje