Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, quarta, 15 de julho de 2020

Brasil

Com chuva acima da média, nível do Cantareira e do Alto Tietê sobe

16 de fevereiro de 2015 | 15h 03

Capacidade de água do Cantareira saltou de 7,3% para 7,8%. Neste mês, sistema teve o acumulado de chuva de 206,1 milímetros.

Com chuva acima da média, nível do Cantareira e do Alto Tietê sobe

O nível das represas do Sistema Cantareira subiu 0,5 ponto percentual nesta segunda-feira (16) em relação ao índice registrado no domingo (15). No domingo, o volume de água do sistema representava 7,3% da sua capacidade total _já incluindo a segunda cota do volume morto. Nesta segunda, saltou para 7,8%. As informações são da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp).

Essa é 13º alta do índice que o Cantareira registra em fevereiro. Nesse mês, o sistema recebeu chuva acima do esperado para o período em comparação com a média histórica para o mês de fevereiro. Foram 42,6 milímetros de chuva de domingo para segunda.

Em fevereiro, o acumulado de chuva para o Cantareira é de 206,1 milímetros e já supera a média histórica do mês, que é de 199,1 milímetros. O conjunto de represas desse sistema abastece 6,2 milhões de pessoas na Grande São Paulo.

O Sistema Alto Tietê também recebeu chuva acima da média em fevereiro. Registrou média acumulada de chuva neste mês superior à média histórica, que é de 192 milímetros. Foram registrados 24,1 milímetros de chuva no manancial, totalizando 197,3 milímetros de chuva em fevereiro. Com isso, o volume de água Alto Tietê subiu de 14,1%, no domingo, para 14,6% nesta segunda.

Os demais sistemas que abastecem a região metropolitana também receberam chuva, mas a quantidade não foi o suficiente para superar a média histórica. Entretanto, tiveram aumento nos níveis de seus reservatórios de água (veja bem mais abaixo).

No Guarapiranga, choveu 6,2 milímetros e a alta foi de 0,1 ponto percentual, passando de 55,2% da capacidade neste domingo para 55,3% nesta segunda.

Já o sistema Alto Cotia subiu de 34,4% para 34,5%. No Rio Grande aumentou de 80,7% para 81,1%. E, no sistema Rio Claro, subiu de 32,1% para 32,8%.

Rodízio
Na sexta-feira (13), o governo de São Paulo divulgou que não descarta rodízio de água. Também informou que irá criar um plano de contingência caso seja necessário adotar o racionamento.

Excassez de chuvas e seca foram motivos apontados pelo governo como problemas no abastecimento. Por isso, recomenta à população que economize no consumo.

O Centro Nacional de Monitoramento de Desastres Naturais (Cemaden) em São José dos Campos (SP), divulgou relatório no início de fevereiro mostrando que o Cantareira poderia secar em junho considerando a média de chuva dos últimos meses. O relatório traz cinco cenários e, no pior deles, com previsão de chuva 50% abaixo da média, não haveria mais água no meio do ano.

Multa
A Sabesp começou a entregar no início da semana passada as contas de água com multa para quem excedeu a média do consumo. A sobretaxa na conta foi autorizada pela Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo (Arsesp) e a multa varia entre 40% e 100% para quem consumir mais água neste ano no comparativo entre fevereiro de 2013 e janeiro de 2014.

A multa foi de 40% para quem consumiu até 20% a mais do que a média do período anterior e a taxa foi de 100% para quem utilizou mais que 20%. A medida é válida somente na parte do gasto de água encanada, que representa metade do valor da conta. Os outros 50% são referentes ao serviço de coleta de esgoto.

Bônus
Entre fevereiro e outubro do ano passado, a companhia concedeu bônus de 30% na conta de clientes que economizassem 20% ou mais de água em relação à média de consumo entre dos 12 meses que vão de fevereiro de 2013 a janeiro de 2014.
A medida foi adotada para estimular a redução no consumo. Desde novembro, o desconto gradual passou a ser dado para os imóveis que reduzirem o consumo entre 10% e 20%. O desconto foi prorrogado até o fim de 2015.

O nível de água das represas do Sistema Cantareira subiu de 7,1%, no sábado (14), para 7,3% neste domingo (15), segundo boletim divulgado no site da Sabesp. Elas abastecem 6,2 milhões de pessoas na Grande São Paulo.

Outros sitemas
Confira abaixo os níveis de sábado em comparação com este domingo dos outros cinco sistemas que atendem a Grande São Paulo:

Alto Tietê: subiu de 13,7% para 14,1%;
Guarapiranga: subiu de 55% para 55,2%;
Alto Cotia: subiu de 34,2% para 34,4%;
Rio Grande: subiu de 80,2% para 80,7%;
Rio Claro: subiu de 31,9% para 32,1%.

FONTE: G1



Brasil LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje