Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, quarta, 18 de setembro de 2019

Brasil

Brasil fecha 2014 com 192 milhões de acessos em banda larga

24 de fevereiro de 2015 | 11h 10
Brasil fecha 2014 com 192 milhões de acessos em banda larga

O Brasil fechou o ano de 2014 com 192 milhões de acessos em banda larga, um crescimento de 44% em relação a dezembro de 2013. Segundo levantamento da Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil), 58,3 milhões de novos acessos foram ativados no ano passado, num ritmo de duas novas conexões por segundo. 

A banda larga móvel, pelas redes de 3G e 4G, liderou a expansão dos acessos à internet, fechando dezembro com 167,8 milhões de conexões. Somente no ano passado, 56 milhões de novos acessos em banda larga móvel foram ativados, o que representou um crescimento de 51% frente a 2013.

A expansão também se deu na cobertura das redes de banda larga móvel, que cresceu 10%, com a ativação de 362 novos municípios em 2014, praticamente um novo município por dia. Ao todo, as redes de terceira geração estão instaladas em 3.838 municípios, onde moram 92% dos brasileiros.

A tecnologia de quarta geração, que permite velocidade de conexão à internet até dez vezes mais rápida que a 3G, já conta com 6,8 milhões acessos. O 4G já chega a 147 cidades, que concentram 42% da população brasileira. 

Na banda larga fixa, os acessos somaram 24,2 milhões no fim de 2014. Desse total, 2 milhões de conexões foram ativadas só no ano passado, apresentando crescimento de 9% no período. É por meio dessas infraestrutura que as concessionárias atendem com banda larga gratuita a mais de 66 mil instituições públicas de ensino fundamental e médio, pelo programa Banda Larga nas Escolas.

A banda larga no Brasil tem apresentado uma evolução significativa nos últimos cinco anos, período em que cresceu nove vezes, passando de 22 milhões para 192 milhões de acessos. A quantidade de novos acessos ativados a cada ano também aumentou. Em 2010, foram 14 milhões e, no ano passado, 58 milhões. Esta evolução demonstra o papel fundamental das telecomunicações do Brasil na inclusão social de número cada vez maior de brasileiros.



Brasil LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje