Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, segunda, 29 de novembro de 2021

Geral

Sindicato dos Rodoviários mantém greve e transporte urbano segue prejudicado

25 de Outubro de 2021 | 09h 07
Ouvir a matéria:
Sindicato dos Rodoviários mantém greve e transporte urbano segue prejudicado
Foto: PMFS

O impasse entre o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários (Sintrafs) e a concessionária São João segue prejudicando a mobilidade de usuários desde o início da manhã desta segunda-feira (25). Os veículos continuam sem sair da garagem da empresa.

A Prefeitura Municipal de Feira de Santana (PMFS) disse que já designou que as vans do Sistema de Transporte Público Alternativo e Complementar (STPAC) assuma a operação, emergencialmente, a fim de que a comunidade não fique desassistida, nos pontos de transporte público.

A decisão do Sintrafs, diz o Governo Municipal, fere uma determinação da Justiça, que proíbe a paralisação deste serviço essencial durante a pandemia. "Milhares de pessoas estão prejudicadas com a ausência do transporte urbano impossibilitando o deslocamento tanto ao trabalho quanto aos postos de vacinação", ressalta o Executivo local.

A Prefeitura diz, ainda, que, desde sábado (23), por meio da Procuradoria Geral do Município (PGM), vem tomando medidas administrativas e judiciais, com o propósito de buscar a continuidade do serviço, bem como o ressarcimento dos eventuais danos.

A vans do STPAC também foram autorizadas, pelo poder público municipal, a atender, em caráter emergencial, quatro linhas rurais (lote A/ Região Norte) afetadas após abandono do serviço pela Empresa Rosa.

A Prefeitura enfatiza que notificou a concessionária para reassumir a operação das linhas: (050) São José/Praça do Tropeiro via Carro Quebrado; (052) Candeia Grossa/Praça do Tropeiro; (123) São José via Fazenda Morro/Terminal Norte e a linha (124) Santa Quitéria/Adelba/Terminal Norte são de competência da empresa Rosa, conforme edital.

O prefeito Colbert Filho criou uma comissão para apurar possível inadimplência da empresa Rosa em contrato de concessão. A portaria (n. 976/21) foi publicada na edição extra do Diário Oficial do último sábado (23).



Geral LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje