Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, quarta, 01 de abril de 2020

Geral

Sustentare diz que não está mais usando o aterro

03 de março de 2015 | 16h 29
Sustentare diz que não está mais usando o aterro

LEIA TAMBÉM: Justiça confirma fechamento do aterro da Sustentare

Em nota divulgada na manhã de hoje, a Sustentare Serviços Ambientais, que teve seu aterro interditado por ordem judicial, afirma que não vem mais utilizando a unidade para recebimento de lixo, que já está sendo levado para outro local, também licenciado.

A empresa também diz que está realizando obras em atendimento a exigências do Inema (Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos). Mas nega que esteja poluindo o solo ou o entorno, como  acusou o Ministério Público na ação que levou à interdição pela justiça.

Leia abaixo na íntegra a nota distribuída pela empresa.

 

Feira de Santana, 3 de março de 2015

 

                                    NOTA DE ESCLARECIMENTO

 

A SUSTENTARE SERVIÇOS AMBIENTAIS, empresa de prestação de serviços de limpeza pública e operação de aterros com mais de 56 anos de experiência no mercado nacional e internacional, diante das notícias divulgadas nos últimos dias sobre a suspensão das atividades do aterro sanitário da companhia, informa que está cumprindo a decisão e não vem recebendo lixo no local. Os resíduos estão sendo descarregados em outro aterro licenciado.

Informamos também que obras já estão sendo executadas em nosso aterro com o objetivo de atender as solicitações do INEMA.  Entretanto, faz-se necessário esclarecer que as adequações apontadas pelo órgão, não tiveram como motivo, em momento algum, a contaminação ambiental do solo, lençol freático ou córregos. 

Desde a sua implantação, o aterro sanitário de propriedade da SUSTENTARE SERVIÇOS AMBIENTAIS é impermeabilizado por manta de polietileno de alta densidade, material resistente e apontado por especialistas como uma das opções mais seguras disponíveis no mercado.

O líquido percolado (chorume) é recolhido em tanques de retenção – também impermeabilizados pelo mesmo produto – e, atualmente o excesso é encaminhado para empresa licenciada no Estado para tratamento de efluentes líquidos, a CETREL, até que seja concluída a estação de tratamento de chorume de propriedade da SUNTENTARE que está em fase de acabamento. Ademais, estamos à disposição para esclarecimentos.

 

Atenciosamente,

SUSTENTARE SERVIÇOS AMBIENTAIS



Geral LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje