Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, domingo, 16 de janeiro de 2022

Saúde

Atendimento noturno público garante saúde do trabalhador, em Feira de Santana

30 de Novembro de 2021 | 09h 55
Ouvir a matéria:
Atendimento noturno público garante saúde do trabalhador, em Feira de Santana
Foto: Roberta Costa

Em Feira de Santana, cinco Unidades de Saúde da Família (USF) vinculadas ao programa Saúde na Hora oferecem atendimento gratuito das 8h às 21h. O funcionamento no período noturno facilita, principalmente, o acesso de homens e trabalhadores aos serviços da atenção primária. Entre setembro do ano passado e setembro deste ano, foram realizados, nestes locais, 50 mil procedimentos.

A USF Campo Limpo I, V e VI registrou o maior número de procedimentos, um total de 24.371.  A segunda em número de atendimentos é a USF Videiras I, II e III, com 20.644.

Na USF Parque Ipê I, II e III, foram registrados 5.557 atendimentos, 1.416 deles prestados a pessoas do sexo feminino, 4.135 do sexo masculino e seis procedimentos são de dados ignorados. As USF Liberdade I, II e III e Queimadinha I, II e III também integram o programa.

De acordo com a enfermeira gerente da USF Parque Ipê I, II e III, Manuela Vital, a unidade presta os mesmos serviços tanto no período diurno quanto no noturno. "Consultas médicas e de enfermagem, aferição de pressão arterial, teste de glicemia e vacinação são os mais procurados", destaca.

A gestora enfatiza, ainda, que o perfil de atendimento na unidade é de pessoas que cumprem a jornada de trabalho em horário comercial, o que impede a procura pelos serviços de saúde ofertados até às 18 horas.

Segundo a enfermeira referência técnica em Saúde do Homem, Isabela Machado, o público masculino é o mais resistente quando se trata de buscar os serviços de saúde, por inúmeros motivos. Mas ela salienta que, apesar disso, a procura vem crescendo, gradativamente, no município.

Morador do bairro Parque Ipê, Júlio Santos da Silva, de 62 anos, diz estar na contramão desse padrão. Ele afirma manter os cuidados com a saúde. "Toda vez que venho aqui sou bem atendido e não tenho do que reclamar. Gosto muito de aferir a pressão, fazer consulta com o médico e exames. Eu venci um câncer e preciso estar sempre monitorando. Por isso, sempre estou aqui", frisa.



Saúde LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje