Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, sábado, 17 de novembro de 2018

Famosos

Família Schurmann vai para Antártica pela 1ª vez

23 de janeiro de 2015 | 10h 45
Família Schurmann vai para Antártica pela 1ª vez
Nesta segunda-feira, 26 de janeiro de 2015, a Família Schurmann levanta a âncora, iça as velas da embarcação Kat e zarpa do Ushuaia, na Argentina, rumo a um destino inédito em 30 anos de aventuras pelo mar. Seguindo o roteiro da Expedição Oriente, no dia 31 de janeiro de 2015, eles devem desembarcar, pela primeira vez, no território gelado da Antártica. O destino marca a realização de mais um sonho e a superação dos primeiros desafios enfrentados pela tripulação do veleiro Kat.
 
A Expedição Oriente teve início no dia 21 de setembro de 2014. Há quatro meses, do porto de Itajaí, em Santa Catarina, a Família Schurmann e tripulação partiram para dois anos de travessia por mares e oceanos do mundo. Tempestades e ventos muito fortes marcaram a primeira semana da aventura. Mesmo assim, já em outubro, percorreram o litoral uruguaio e conheceram lugares maravilhosos do país vizinho. Em dezembro, começaram a navegar por águas argentinas e, no meio do caminho, um susto: a tripulante Natalie Ancieta teve passou por uma cirurgia de emergência, após forte crise de apendicite.
 
Mas nem as tempestades ou eventuais visitas médicas desviaram os Schurmanndo caminho! Bons ventos levaram Emmanuel Schurmann – primeiro representante da terceira geração da família – a bordo do veleiro Kat, após o jovem concluir um tratamento de quimioterapia nos Estados Unidos. Agora com a tripulação completa, o veleiro Kat prepara-se para o próximo desafio: levar a Família Schurmann rumo à Antártica, até aqui, inexplorada pela mais famosa família de velejadores do Brasil.
 
 
Os Schurmann e a Expedição Oriente
 
Primeira família a dar a volta ao mundo a bordo de um veleiro, a história da Família Schurmann ganha destaque a partir de 1984, quando o economista Vilfredo e a professora Heloísa decidiram abandonar a vida estável e confortável em terra firme e zarpar rumo aos mares e oceanos do planeta, acompanhados dos filhos pequenos: Wilhelm, na época, 7 anos, David, 10, e Pierre, 15. Três décadas depois, com algumas aventuras marítimas no meio e as crianças, agora, homens feitos e até mesmo pais de uma nova geração, a Família Schurmann volta a exercitar o desapego. Desde 21 de setembro de 2014, o veleiro Kat vem sendo a moradia dos Schurmann e a imensidão do mar, o destino da Expedição Oriente! Com o apoio fundamental dos patrocinadores Estácio, HDI Seguros e Solvi, os velejadores percorrerão cerca de 30 mil milhas (o equivalente a quase 50 mil quilômetros), passando por quatro oceanos, cerca de 50 portos e cinco continentes.
 
Pela primeira vez, eles chegarão à Antártica e, claro, à República Popular da China, que fica a aproximadamente 17 mil quilômetros de distância do Brasil. O curioso é que as rotas das aventuras anteriores somadas ao roteiro da Expedição Oriente resultariam em 14 viagens da Família Schurmann à China. Se o roteiro reserva lugares desconhecidos, a nova travessia também marca a estreia da terceira geração a bordo: o jovem Emmanuel integra a tripulação Schurmann, formada pelo casal Vilfredo e Heloísa e os filhos Wilhem, David (líder da tripulação de terra) e Pierre – os dois últimos, em alguns trechos da aventura. Kat, a filha caçula, falecida em 2006, está simbolicamente presente ao inspirar o nome do novo veleiro da família, neste projeto que envolve inovação, tecnologia e sustentabilidade. Com a Expedição Oriente, a Família Schurmann veleja inspirada em polêmicas teorias que defendem os chineses como os primeiros grandes navegadores e descobridores do mundo. Ou seja, os primeiros aventureiros a contornarem o globo.


Famosos LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje