Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, quarta, 01 de abril de 2020

Cultura

MAC abre as atividades deste ano com vernissage e lançamento de livros

12 de março de 2015 | 17h 06

O escritor e jornalista Marcondes Araujo lança o seu terceiro livro

MAC abre as atividades deste ano com vernissage e lançamento de livros

O lançamento de dois livros e a vernissage de uma exposição de artes visuais marcarão a abertura das atividades culturais deste ano no Museu de Arte Contemporânea de Feira de Santana (MAC), no próximo dia 19, quinta-feira, às 20 horas. Serão lançados os livros minimalismo, de Marcondes Araujo, e O Livro Conta Corrente, de Ederval Fernandes. E será aberta a exposição Alucydriver, do artista visual Devarnier Hembadoom Apoema.

O livro minimalismo (é assim mesmo, com minúscula) é o terceiro livro publicado do escritor e jornalista Marcondes Araujo, que já lançou, em 2013, pela editora Scortecci, de São Paulo, Piolhos-de-Cobra, vencedor do XI Prêmio Livraria Asabeça, categoria contos; e no ano passado o livro, também de contos, Jeremias Ladrão-de-Cavalo, pela editora do MAC. O livro minimalismo (Editora Arribaçã) reúne 80 microcontos, um gênero literário que busca extrair em poucas linhas o máximo de força e expressão de uma narrativa.


O Livro Conta Corrente (Editora Sarò) é o primeiro livro de poemas de Ederval Fernandes. A edição traz fotografias de Maria Dolores Rodriguez e ilustrações de Mariana Leme. Segundo a crítica literária Clarisse Lyra, o livro tem “uma autenticidade que tem a ver com a experiência (...). Tem neles (nos poemas) um itinerário, uns caminhos que você persegue e que a gente nota e que talvez seja um caminho de formação, naquele sentido de aprendizado, tipo um romance de formação em poesia”.


Alucydriver (trocadilho entre alucinação e direção), é o titulo da exposição do artista Devarnier Hembadoom Apoema, graduado em artes visuais e com mestrado pela Universidade Federal da Bahia. A mostra conta com cerca de 20 obras de artes visuais, envolvendo múltiplas linguagens artísticas, a exemplo de pinturas, desenhos, fotografias, instalações, objetos e vídeos. As obras possuem temáticas que circunscrevem o cotidiano das pessoas do nosso tempo. A exposição já passou pela Casa XIV, no Pelourinho, em Salvador, no final do ano passado.


A noite será animada pelo cantor e compositor feirense Fabrício Barreto, que apresentará, ao violão, músicas de sua autoria.



Cultura LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje