Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, terça, 16 de julho de 2019

Cultura

Trajetória política de João Durval registrada em livro

29 de maio de 2015 | 15h 37
Trajetória política de João Durval registrada em livro
João Durval foi também prefeito de Feira de Santana por duas vezes: 1967 a 1971 e 1993 e 1994-Foto Ney Silva
"Um dos homens mais importantes da história política de Feira de Santana". A opinião é do prefeito José Ronaldo, ao se referir ao ex-senador e ex-governador João Durval Carneiro, biografado no livro “João Durval – um construtor de caminhos”, lançado na noite de quinta-feira, 28, na praça de eventos do Boulevard Shopping. A obra foi escrita por Luiz Almeida.
 
Além do prefeito, estiveram presentes autoridades políticas, amigos e familiares do homenageado - dentre eles os filhos João Henrique Carneiro, ex-prefeito de Salvador; e Sérgio Barradas Carneiro, ex-deputado federal e novo secretário municipal de Relações Interinstitucionais do Governo Municipal.
 
SOBRE JOÃO DURVAL
 
Nascido no antigo distrito feirense de Ipuaçu e que hoje se chama João Durval Carneiro, ele iniciou sua trajetória política na Princesa do Sertão, alcançando, décadas depois, o Senado Federal. Com 86 anos de idade completados no dia 8 deste mês e 60 anos de vida pública, João Durval é formado em Odontologia pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), mas logo deixou a carreira para ingressar na política.
 
Eleito vereador nos anos 50 em Feira de Santana pela União Democrática Nacional (UDN), ele foi reeleito na mesma década. João Durval foi também prefeito do município feirense por duas vezes: 1967 a 1971 e 1993 e 1994. Ele interrompeu o segundo mandato de prefeito para disputar a eleição ao governo do Estado pela segunda vez, sendo que ele havia sido governador da Bahia no período de 1983 a 1987.
 
No Legislativo exerceu ainda dois mandatos de deputado federal e em 2006 foi eleito senador pela Bahia, mandato encerrado em janeiro de 2015. Casado com a arquiteta e professora Yeda Barradas Carneiro, com ela teve sete filhos (Márcia, João Henrique, Sérgio, Maria Cristianna, Luis Alberto, Geórgia e Maria da Graça). Três deles seguiram o exemplo político do pai: João Henrique, Sérgio Barradas Carneiro e Luís Alberto.

FONTE: Secom



Cultura LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje