Tribuna Feirense

  • Facebook
  • Twiiter
  • 55 75 99801 5659
  • Feira de Santana, quarta, 21 de novembro de 2018

Saúde

Dois pacientes com sintomas de doença 'desconhecida' fazem exame e resultado é positivo para chikungunya

23 de agosto de 2018 | 16h 44
Dois pacientes com sintomas de doença 'desconhecida' fazem exame e resultado é positivo para chikungunya
Foto: Pixabay/Divulgação
Os moradores do bairro Nova Esperança, no município de Coração de Maria, que apresentaram sintomas de uma doença 'desconhecida', passaram por exames e dois deles deram positivo para chikungunya. A informação é da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab).
 
De acordo com a pasta, ao menos 50 moradores procuraram os médicos da cidade na última semana com sintomas parecidos. Na quarta-feira (22), o Laboratório Central do Estado (Lacen) informou que as duas amostras de sangue, que deram positivo pra chikungunya, foram coletadas no dia 16 de agosto.
 
A Sesab informou que ambas as amostras foram coletadas 12 dias após o início dos sintomas. O Lacen aguarda a chegada das novas amostras de sangue para serem examinadas.
 
Os pacientes do município de Coração de Maria, mais precisamente do bairro Boa Esperança, apresentaram sintomas de exantema (espécie de erupção cutânea, da pele), coceira intensa, prurido (sensação incômoda na pele ou mucosas que leva a coçar), febre alta e dores nas articulações.
 
A Sesab disse também que o Núcleo Regional de Saúde já está realizando medidas de controle da enfermidade, uma vez que os sintomas podem ser de doenças provocadas pelas arboviroses (dengue, Zika e chikungunya).
 
Além disso, um carro fumacê vai fazer borrifação na cidade para combater os mosquitos que transmitem a doença.
 
A infecção pelo vírus chikungunya provoca sintomas parecidos com os da dengue, porém mais dolorosos. No idioma africano makonde, o nome chikungunya significa "aqueles que se dobram", em referência à postura que os pacientes adotam diante das penosas dores articulares que a doença causa.
 
Em compensação, comparado com a dengue, o vírus mata com menos frequência. Em idosos, quando a infecção é associada a outros problemas de saúde, pode até contribuir como causa de morte, porém complicações sérias são raras, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS).
 
O vírus chikungunya pode ser transmitido pelo mesmo vetor da dengue, o mosquito Aedes aegypti, e também pelo mosquito Aedes albopictus, e a infecção pelo chikungunya segue os mesmos padrões sazonais da dengue.
 
O risco aumenta em épocas de calor e chuva, mais propícias à reprodução dos insetos. Eles picam principalmente durante o dia. A principal diferença de transmissão em relação à dengue é que o Aedes albopictus também pode ser encontrado em áreas rurais, não apenas em cidades.


Saúde LEIA TAMBÉM

Charge da Semana

CHARGE DO BOREGA

As mais lidas hoje